Quem Somos

A FUNDAES -  Federação das Fundações e Associações do Espírito Santo – une e congrega as entidades do Terceiro Setor Capixaba, e representa as suas filiadas.

Constituída em 2002 para fortalecer este setor, tendo em vista o cenário de ausência de cultura de planejamento, escassez de recursos financeiros, inexistência de estrutura profissionalizada, inadequação das prestações de contas, não obrigatoriedade de publicação das demonstrações contábeis e inexistência de harmonização das demonstrações contábeis.

Empenhada na qualificação das associações e fundações, incentiva as boas práticas em gestão, promovendo a profissionalização do Terceiro Setor.
Atuando em rede com suas filiadas e outras federações estaduais, de mesmos propósitos, se coloca para articular e fazer interlocução com empresas (Segundo Setor) e Órgãos Públicos (Primeiro Setor), e para ampliar o investimento e a atenção aos projetos de alcance social.

Também empenhada na produção e compartilhamento de conhecimento tecnológico no Terceiro Setor Capixaba, estimula a aprendizagem e troca de experiências e debates em temas de interesse de organizações sociais.

Se coloca como espaço de discussão das políticas públicas de assistência, de prevenção e de promoção social; de articulação e de proposição de novas estratégias políticas. Um espaço que contempla a pesquisa e a promoção de estudos de interesse da sociedade civil, do Governo e das empresas, para o avanço social.

Terceiro Setor no Espírito Santo

De acordo com o Diagnóstico Situacional das Fundações e Entidades de Interesse Social do Estado do Espírito Santo, elaborado em 2004 pelo Ministério Público, o Terceiro Setor do Espírito Santo contava, na época, com 10.299 organizações registradas em cartório, sendo 205 Fundações e 10.094 Entidades de Interesse Social.

As Fundações estavam constituídas em cinco áreas de atuação prioritárias: Assistência/Promoção Social (50 / 24,39%), Educação (32 / 15,61%), Saúde (26 / 12,68%), Atividades Econômico-Desenvolvimentistas (19 / 9,27%), e Culturais (16 / 7,80%).

As demais Entidades de Interesse Social estavam representadas, em sua maioria e por ordem de prioridade, pelas Igrejas/Grupos Religiosos/Seitas/Congregações/Maçonaria (2.104 / 20,84%), Atividades Educacionais (1.506 / 14,92%), Associações de Moradores/Comunitárias (1.503 / 14,89%), Atividades Esportivo-Recreativas (865 / 8,57%), Entidades de Classe/Profissionais (837 / 8,29%).

Este estudo apontou ainda as principais deficiências das organizações do Terceiro Setor do Estado, a saber:
  • - Ausência de cultura de planejamento;
  • - Escassez de recursos financeiros;
  • - Inexistência de estrutura profissionalizada;
  • - Atuação limitada dos contadores;
  • - Inadequação das prestações de contas;
  • - Não obrigatoriedade de publicação das demonstrações contábeis;
  • - Inexistência de harmonização das demonstrações contábeis;

Assim, a Fundaes desenvolve um trabalho sério com o intuito reverter esta realidade e fortalecer o Terceiro Setor do nosso estado.
 
Confira a pesquisa no link: http://www.mpes.mp.br/conteudo/interna/conteudo.asp?cod_area=19&cod_sub_area=62

Contato:

E-mail: fundaes@fundaes.org.br
Telefone: (27) 99704-5600
Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, Nº 2796
Sala 804 - Santa Luíza - Vitória - ES
CEP: 29045-402

Redes Sociais: