Notícias

Comunidades Inauguram o Banco Bem de Perto

Moradores inauguram o “Banco Bem de Perto”, que amplia as atividades do Banco Comunitário, Banco Bem, para atender aos moradores dos Bairros Andorinhas, Santa Martha e Mangue Seco, em Vitória.
 
Nesta terça-feira, dia 1º de outubro, as comunidades que abraçaram o Banco Bem inauguram o Banco Bem de Perto, iniciativa do Projeto Ponto Solidário, realizado pela Associação Ateliê de Ideias, em parceria com a Prefeitura de Vitória, através do Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (FMPDC) / PROCON/SEMCID, Gerência de Qualificação do Trabalhador.  O evento acontece a partir das 18h, na sede do Banco Bem de Perto, que fica na Quadra do Cajun de Andorinhas.
 
A inauguração oficial é agora, mas o Ponto Solidário vem atuando nessas comunidades desde janeiro deste ano. Foram realizadas várias reuniões de sensibilização e mobilização de moradores, construção da política de crédito de forma coletiva com a população, foram concedidos dois empréstimos habitacionais, dois produtivos para empreendedores da região e cadastramento de dezoito comerciantes locais que passaram a aceitar a moeda eletrônica do Banco Bem, o Bem e-dinheiro.
 
Moradora de Andorinhas, Adriana Stofel foi a primeira beneficiária do empréstimo habitacional. Há dois anos morando de aluguel, Adriana encontrou no Banco Bem de Perto a oportunidade de terminar a construção da casa própria e ter um lar para chamar de seu. Com recurso do empréstimo, foram realizados os serviços prioritários, como melhorias no acesso à residência, fechamento de vão existente com tijolos cerâmicos, reforma em escada metálica, serviços de reparos e acabamentos necessários, instalação de quatro janelas de esquadrias de alumínio e reboco em paredes.
 
O comerciante Geraldo José de Oliveira pegou empréstimo na linha de Crédito Produtivo para investir em um novo negócio, uma fábrica de salgados.  “Como eu já tinha equipamentos e espaço, o que faltava para eu começar esse novo negócio era o dinheiro para comprar matéria prima. O empréstimo no Banco Bem de Perto me ajudou a comprar material e começar”, contou entusiasmado Seu Geraldo.
 
Com a ideia de criar e acompanhar uma Central de Compras entre comerciantes de Andorinhas, Santa Martha e Mangue Seco, o projeto já ofereceu 16 horas de oficinas de capacitação a empreendedores  da região. O Ciclo de Formação contou com temas como Vigilância Sanitária, Gestão Financeira, Formalização em Microempreendedor Individual, Direito do Consumidor e Aprendendo a divulgar o meu negócio pelo Whatsapp.
 
Morador de Mangue Seco, o comerciante Carlos Alberto dos Santos diz que o que aprendia nas oficinas colocava em prática em sua casa e no comércio. “As finanças do meu barzinho estavam desorganizadas, mas, depois das aulas, aprendi a colocar em ordem, separando as contas de casa com as do bar. No fim do mês está até sobrando dinheiro para investir no comércio”.
 
Os comerciantes mais assíduos nas oficinas concorreram a nove Prêmios de Empreendedorismo. Quem  participou de, no mínimo, 80% das aulas, passou por mais duas fases eliminatórias: A Banca Avaliadora, em que os comerciantes apresentaram seus empreendimentos e disseram em que vão investir o recurso do prêmio e a avaliação na pesquisa de satisfação dos moradores sobre o seu comércio e boas práticas, como atendimento, produtos e higiene. O resultado dos comerciantes contemplados com o Premio será anunciado no dia da inauguração do Banco Bem de Perto.
 
Segundo a coordenadora do Ponto Solidário, Geisiele Cassilhas, os Bancos Comunitários implantam estratégias que contribuem para aquecer as economias locais, estimulando o consumo local, o que fortalece os pequenos comércios e estimula o empreendedorismo. “Só uma instituição financeira democrática, criada com o protagonismo da comunidade pode ajudar a combater às desigualdades e promover a justiça social. Logo expandir essa tecnologia no município de Vitória é essencial para colaborar com o desenvolvimento sustentável das comunidades”, explicou.
 
Serviço: Inauguração Banco Bem de Perto, iniciativa do Projeto Ponto Solidário.

Dia: 1º de outubro, às 18h
 
Programação:
18h – Abertura com mesa de café
18h às 19h – Exibição de imagens das atividades realizadas
19h – Assinatura de concessões créditos
19h15 – Entrega dos Prêmios de Empreendedorismo
19h30 - Inauguração da Placa
20h- Encerramento
Local: Av. Leitão da Silva, 3375, em Andorinhas (Quadra do CAJUN de Andorinhas).


 

 

Publicado 30/09/2019

Contato:

E-mail: fundaes@fundaes.org.br
Telefone: (27) 3024-8640 / 27 99704-5600
Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, Nº 2796
Ed. Impacto Empresarial, Sala 804 - Santa Luíza - Vitória - ES
CEP: 29045-402

Redes Sociais: