Notícias

Desafios e oportunidades na construção da segurança hídrica

O Brasil é, mundialmente, conhecido por suas imensas reservas hídricas. Entretanto, 85% deste patrimônio encontra-se na região amazônica, que detém 5% da população brasileira e 3,7% do PIB nacional. Há, portanto, um desafiante desequilíbrio regional entre a oferta e a demanda hídrica.


A agenda da segurança hídrica nacional impõe ações articuladas para ofertar os serviços de saneamento básico para as cidades, para garantir água para as atividades econômicas, para a preservação dos ecossistemas, além de preparar a sociedade brasileira para a gestão do risco dos extremos climáticos, como secas e inundações. A gestão do risco propriamente dita já faz parte da agenda estratégica das empresas brasileiras. E recentemente, a água foi inserida na matriz de risco de toda a cadeia de suprimentos da indústria nacional.


Esta gestão tem nos auxiliado no desenvolvimento de soluções combinadas, como o uso de água do mar em processos de trocas de calor, o reuso interno, o uso de águas subterrâneas, bem como o consumo racional das águas superficiais. A segurança hídrica é alcançada quando um conjunto de fontes hídricas e opções tecnológicas são combinadas para garantir a estabilidade e a segurança de nossas operações.


Diante de tudo isso, o nosso Plano Diretor de Águas (PDA) foi construído com esta visão. E recebemos mais um sinal que estamos no caminho certo: conquistamos o Steelie Awards, promovido pela World Steel Association, em outubro deste ano. Este reconhecimento demonstra a responsabilidade que a nossa empresa tem com uma questão de extrema importância para a sociedade.


Acreditamos no poder do engajamento dos stakeholders. Para isto, temos mantido um canal amplo de diálogo com os representantes dos organismos públicos responsáveis pela agenda ambiental e de recursos hídricos, com os membros dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público, assim como com os usuários de água e as representações da sociedade civil organizada. Nossa corresponsabilidade institucional se faz presente com uma participação ativa nos comitês de bacias hidrográficas. Neste colegiado, identificamos oportunidades para desenvolver pesquisas e estudos em parceria com as universidades e institutos de pesquisas.


O que buscamos é a confiança de todos os nossos stakeholders para compartilhar os recursos naturais com responsabilidade. Temos uma premissa simples, porém fundamental: queremos ser e dar o exemplo a todos os públicos com os quais nos relacionamos.

 

Benjamin Baptista Filho

Presidente da ArcelorMittal Brasil

Fonte: https://www.linkedin.com/pulse/desafios-e-oportunidades-na-construção-da-segurança-baptista-filho

 

Publicado 09/12/2018

Contato:

E-mail: fundaes@fundaes.org.br
Telefone: (27) 3024-8640 / 27 99704-5600
Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, Nº 2796
Ed. Impacto Empresarial, Sala 804 - Santa Luíza - Vitória - ES
CEP: 29045-402

Redes Sociais: