Notícias

Rede Ver a Cidade apresenta relatório de 2018

Que bairro escolher para morar? Qual é o lugar ideal para desenvolver um novo negócio? Onde estão os melhores índices de qualidade de vida? Para ajudar a responder perguntas como essas, que interessam à sociedade como um todo, a Rede Ver a Cidade de Vitória apresentou o seu Relatório Anual de Progresso dos Indicadores (RAPI) e a Pesquisa de Opinião Pública (POP) de 2018, em evento realizado nesta quarta-feira (dia 12), no auditório do América Centro Empresarial, em Vitória.

Com o objetivo de acompanhar o desempenho da cidade em temas que impactam sua sustentabilidade e a qualidade de vida de seus cidadãos, o relatório traz dados oficiais extraídos das secretarias municipais e de órgãos federais e estaduais, com informações mensuradas a partir de resultados objetivos alcançados pelo governo.  Entre os temas observados estão mobilidade, transporte, segurança, gestão participativa, transparência e saneamento.

A análise foi completada ainda por uma pesquisa de opinião pública, que trabalhou com a percepção da população a respeito dos resultados colhidos no RAPI.

“Fornecer dados é uma maneira moderna de gestão. O objetivo do Ver a Cidade é acompanhar o desempenho da cidade de uma ótica quantitativa e qualitativa”, destacou Nailson Dalla Bernardina, presidente da Rede Ver a Cidade de Vitória e diretor de Competitividade do Espírito Santo em Ação. “Os resultados mostram que a gestão de Vitória está no caminho certo, combinando o trabalho entre sociedade e governo”.

A importância do trabalho desenvolvido pela Rede Ver a Cidade foi destacada pelo prefeito de Vitória, Luciano Rezende, durante o painel “Desenvolvimento Sustentável da Cidade”, que também contou com a participação da arquiteta e urbanista Andressa Stelzer, da Caixa Econômica Federal, e Robson Melo, presidente da Federação das Fundações e Associações do Espírito Santo (Fundaes).

“Vitória é uma cidade que já é conhecida pela sua transparência. Por isso, disponibilizamos nossos números, até mesmo os negativos, no nosso Observatório de Indicadores, o ObservaVix. Quando o Espírito Santo em Ação nos procurou, nos colocamos à disposição para participar da Rede, porque sempre estamos abertos a colaborar fornecendo números. São informações que vamos utilizar para melhorar a nossa gestão”, afirmou.

A Rede Ver a Cidade tem origem e inspiração na quinta fase do Programa Cidades Emergentes e Sustentáveis (CES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e seu apoio financeiro para implementação no Brasil ocorreu por meio do Fundo Socioambiental da Caixa. Vitória é uma das seis cidades brasileiras que já aderiram à rede, ao lado de Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Palmas (TO) e Três Lagoas (MG).

“A Caixa sempre foi ligada ao desenvolvimento sustentável, como o principal agente de políticas públicas do país. Ficamos orgulhosos de ver como Vitória e a sociedade civil abraçaram o trabalho da Rede Ver a Cidade e deram continuidade”, frisou Fábio Ronchi, gerente regional da Caixa.

Os dados do Relatório Anual de Progresso de Indicadores de 2018 vão estar disponíveis no site www.veracidadevitoria.com.br.

Fonte: es-acao.org.br/imprensa/rede-ver-a-cidade-apresenta-relatorio-de-2018/?fbclid=IwAR23iEkxi3q0U8MIeBBeKmp5JHTAKmfMk_tx-3FOSZCsqVK0SOr5zlAm0Gk
 


Publicado 13/12/2018

Contato:

E-mail: fundaes@fundaes.org.br
Telefone: (27) 3024-8640
Endereço: Avenida Nossa Senhora da Penha, Nº 2796
Ed. Impacto Empresarial, Sala 804 - Santa Luíza - Vitória - ES
CEP: 29045-402

Redes Sociais: